Ouça a postagem

Longe de mim e fora dos trilhos


Escrevendo para fazer sentido, Lindevania Martins, transcende seu mundo e descreve o universo feminino com uma mistura de crueza e poesia. Desde sempre seus escritos me cativam pela musicalidade das palavras. Com Longe de Mim, um conto que participa de uma coleção Brasil/Argentina e Fora dos Trilhos, poesia do mulherio das letras, não é diferente. Ela transita entre a prosa e os poemas com a delicadeza das mulheres que se constroem com firmeza e doçura.

Fora dos Trilhos 

Um livrinho. Não
Um livro que traz densidade
Das pílulas de memória para épocas de desamor
às microssagas microfônicas
que brincam com as palavras iniciadas com a mesma letra

"dos fantasmas que matei 
não guardo remorsos
uma ou outra faca
e nada mais" 

Da poesia da Lindevania,
mulher maranhense 
atuante, defensora, escritora
não se espere a rima fácil
nem a candura da feminilidade clichê
Ela nos oferece armas
lutas
escaramuças
paixão feito carne e bicho
sentidos aguçados
e muita voragem

"a menina tomou um susto:
quando disse que pagaria o preço
não tinha ideia do custo." 

Longe de mim

Um conto que se lê rápido, de uma tomada, antevendo o final e mesmo assim sendo surpreendido por ele.

Uma história tão pungente e recorrente, contada de maneira urgente, os fatos se somando, as imagens se formando, a realidade escancarada. 

De certa forma já lemos antes este roteiro. Em jornais, em relatos, nas novelas. Mas mesmo que pareça conhecido, nunca é banal. A dor das personagens é narrada sem panfletos, sem discursos, é simplesmente descrita nos seus passos e misérias. 
Ao mesmo tempo seus universos de amores e dores nos aproximam da saga de todo ser humano em sua luta por afeição. E sua/nossa fuga da solidão.

A menina. A mãe. Os tios. A boneca. Todos atores de uma realidade tão próxima e por isso mesmo tão relegada ao esquecimento de todos os que não queremos que se repita. Só que não.

Leiam Lindevania Martins. 
Uma voz feminina necessária e cada vez mais forte no que escreve.

Vejam também o que escrevi sobre Zona de Desconforto e Nu Frontal com tarja 

Comentários