Postagens

Mostrando postagens de Abril, 2016

Sair da zona de conforto é preciso

Imagem
A gente cresce e vai acrescentando experiências e consolidando certezas.

Algumas são ótimas, nos ajudam a sobreviver. Outras, ao contrário, se tornam empecilhos de novas descobertas.

Como saber a diferença? Como distinguir entre comportamentos e crenças que ainda são relevantes dos que simplesmente viraram zonas de conforto?

Nem sempre a fronteira tem contornos precisos. Um deles é quando algo nos incomoda.

Pelo menos para mim funciona assim. Algo me bate como um soco. Fico desconcertada, algumas vezes até meio raivosa. Como assim? 

Como assim - fica me martelando. E o que fica rebatendo dentro da gente merece uma olhadela com mais calma.

Foi assim em uma palestra almoço que fui esses dias. Era sobre os mitos gregos de Cassandra e Medeia

A primeira, Cassandra, era aquela vidente que sabia tudo o que iria acontecer mas foi amaldiçoada por um macho deus raivoso que a condenou a ser desacreditada sempre. Puxa, cara, a mulher SABIA o que ia se passar, falava, denunciava e ninguém bola. Ao cont…

Ser um hóspede elegante - 10 pequenas regrinhas

Imagem
Receber com elegância é uma arte de generosidade. Mas e como é ser um hóspede elegante? Ser convidado e aceitar partilhar da intimidade de outra ou outras pessoas? Sim, existem algumas regras sobre as quais falarei abaixo...
Regra 1 - espere convite. Não é porque você tem muita intimidade que pode chegar na casa de alguém com malas e bagagens e se aboletar.
Regra 2 - recebendo o convite, respeite o limite de tempo previsto. Se o anfitrião fixar um tempo, não ultrapasse. Se não fixar, procure sondar, mas não ultrapasse um tempo razoável. Uma semana seria um parâmetro de tempo máximo, mesmo se for em uma casa com Muita intimidade. Se precisar realmente ficar mais tempo no local, pense seriamente em reservar um hotel.
Regra 3 - Respeite os costumes da casa. Se as pessoas tem um rotina demarcada e horários definidos, ajuste-se à eles. Se forem mais soltos e você não, ajuste-se também. Lembre-se sempre que a casa é deles, portanto as regras idem.
Regra 4 - Seja gentil. Leve um presente, pequen…

Receber com elegância

Imagem
Um dos atos mais generosos que alguém pode nos fazer é abrir as portas de sua casa. Nosso lar é nosso refúgio, é nosso ponto de apoio nesse mundo tantas vezes conturbado. Quando alguém nos recebe no seu lar está implicitamente dizendo que somos bem vindos ao seu mundo privado.

E quando mais que nos receber, nos convida para passar algum tempo por lá e nos brinda com carinhos em detalhes, está nos dando um recado de pura elegância de ser.

Saber com antecedência o que a visita gosta. Vejo isso com frequência em quem sabe bem receber. Não significa mudar os hábitos da casa, mas acrescentar pequenos mimos para que o hospede se sinta à vontade. E mais que isso, revela a atenção com detalhes da saúde e hábitos que a pessoa não deve mudar. Por exemplo, há pessoas que não comem determinados alimentos por opção ou ordens médicas. Saber e oferecer alternativas é um ato de elegância e cuidado.
As refeições apresentadas com muito carinho, com detalhes que encantam aos olhos são outra forma de pura …