Ouça a postagem

mate TE máticas


Nove pontes sem retorno
Nove mãos sem rumo
Nove vezes de vereda
Nove naves perigosas
Nove teias de encantos
Nove retalhos no lixo
Nove esperanças fugitivos
Nove vozes maltratadas
Nove rotas sem volta
Nove encontros sem destino

Noves fora sem retorno
Nunca fora boa em números exatos 

Mil vezes as nuvens sem forma
Mil vezes o vazio infinito
Mil vezes o abismo abrupto
Mil vezes a coisa que não se explica
Mil vezes o recomeço 
Mil vezes a promessa não  cumprida
Mil vezes a alma  corrompida
Mil vezes a vida vivida

Mil vezes tu
Noves fora eu
A soma é 

Comentários