Sinônimos de alguma coisa que nem sei o que é


Nevoso tempo em que
cabeça não arde
Enigmaticamente indecifrável
Brumal de incoerências
Nevoentas
Impenetráveis
Absurdamente insondáveis

Brumaceiro medonho
Cérebro confuso
Imundo
Catatônico
Misterioso
Até para mim
que o habito
ou ele a mim

Obscuro 
miúda água
líquida cabala
esfumada realidade
Cadê o senso brusco
Desassossego brumal

Procuro nos sinônimos
alguma parecença
com a vida que se esvai
Ficam palavras imersas
Aflitas
torturadas
sem sentido

Vai, vai fundo
Vai buscar o encaixe
traz de volta a ligeira
sintonia que se perde
eu me perco
eu me desfaço
eu me desencaixo
eu que já não
me reconheço mais

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

amantes eternos (divagações com a IA)

Dos meus pertences

Das podas necessárias