A faceira Belmira

Guria, mania de vestir logo as roupas que ganhou de presente! Parece a Vó Belmira!

Perdi a conta de quantas vezes escutei essa frase de minha mãe, que deve ter ouvido da sua. Belmira era a bisavó materna que nunca conheci. A que se tornou meio cúmplice na faceirice de querer aproveitar os momentos agora e já.

Teria nascido em abril essa vó que teve 13 filhos? Sei pouca coisa sobre Belmira Maria. Era Costa de sobrenome, pariu três homens e dez mulheres, seu pai se chamava Joaquim Ignácio da Costa e sua mãe Deolinda Maria da Conceição. Morou em Viamão porque aí registrou suas primeiras filhas. 

Devia ser uma jovem faceira quando casou com o seu Crescêncio. O vô Crescêncio. Que era de Deus e Silva. 

Terá sido feliz essa bisa que não conheci? 

O que terá sentido quando seu marido revelou sinais do que os jornais definiram como neurastenia?

   uma condição caracterizada especialmente por exaustão física e mental, geralmente acompanhada de sintomas associados (como dor de cabeça e irritabilidade), é de causa desconhecida, mas frequentemente associada a depressão ou estresse emocional, e às vezes é considerada semelhante ou idêntica à síndrome da fadiga crônica (fonte
Lá pelo ano de 1911, em abril, deve ter se preocupado com os sinais cada vez mais evidentes de tristeza e depressão profundas de seu marido. Chegou a esconder a arma da casa quando sentiu que ele estava por demais transtornado. Qual o quê, ele saiu às ruas e acabou com sua vida com golpes de faca.

Lá estava ela, Belmira Maria, com 12 filhos que restaram, alguns adultos e casados. Outros ainda por criar. Tinham lhe restado alguns bens de fortuna, não tantos que a fizessem rica, mas com certeza lhe daria a oportunidade de conseguir terminar de educar as crianças. Os mais velhos iriam ajudar. Até o filho que parecia ter herdado o mau humor do pai.

E ela? Continuaria a viver a sina das mulheres que parem e criam. Mas nunca mais deixaria de rasgar os papéis de presente que porventura ganhasse com a urgência dos que sabem a vida fugidia. Seria com a pressa dos sobreviventes que usaria na mesma hora as roupas, novas ou usadas, que lhe ofertassem. Nada mais de esperar para uma hora que talvez nunca chegasse.

Belmira Maria, como todas as Silvas, iria em frente. Que fosse bela e bem arrumada! E sempre faceira que a alegria é sempre o melhor meio de resistência.

Comentários