sábado, 13 de agosto de 2016

Sem causa, justamente choro e rio - como já dizia Camões

Tem dias em que a máquina despiroca. 

1. DespirocaSignificado de Despiroca Por Dicionário inFormal (SP) 
Ato de despirocar, enlouquecer, desvairar.
Se acontece (com frequência) nos computadores e smart phones, por que não aconteceria conosco (e despirocada como estou, vou lá me importar se escrevi o tal do porque certo????).

Em geral sou uma pessoa serena. 

Por fora.

Por dentro sou uma turbilhão. Mas normalmente, depois que saí da adolescência - mesmo a tardia - consigo administrar as "noias" internas. Me custa uma naba de energia, mas consigo.

Mas tem uma coisa que me abate. Quando o perco o tesão. Sabe aquela brochada com a vida e pior, com a gente mesma????

Parece que desliga algo da tomada. E nem o sol, com a sua linda energia, consegue me levantar do chão. Nem livro de auto ajuda. Pode isso????

Me conheço o suficiente para saber que preciso religar o entusiasmo com algo. Com alguém. Comigo mesma.

E como tenho fé, mas também sou cética, não funciona o segurar na mão de Deus, Deusa ou talismã. E não pensem que não rezo. É que acredito firmemente no livre arbítrio e que deve partir de nós o desatar os nozes da vida.

Despirocada então, resta me abastecer de coisas boas. Sem esquecer que mesmo no desvario, a vida segue, as contas tem que ser pagas e os projetos tem que ser terminados.

Quem venham os livros e leituras do bem. As palavras de carinho de quem lê e a energia que sei me habitar desde sempre.

Se Camões já sentia um tanto assim, talvez as razões fossem outras, mas o sentir é descrito com perfeição:

Tanto de meu estado me acho incerto
Que em vivo ardor tremendo estou de frio
Sem causa, justamente choro e rio
O mundo todo abarco e nada aperto.
É tudo quanto sinto, um desconcerto
Da alma um fogo me sai, da vista um rio
Agora espero, agora desconfio
Agora desvario, agora acerto.

Fosse hoje, talvez não tivesse escrito um poema, já que teria resolvido seu estado incerto com um rivotril da vida....Ou fosse considerado bipolar.

De mim que (ai!) não sou poeta, a vida (eu) cobra resolução e bom senso. Deixando as despirocadas para lá. Tentarei. Juro  

2 comentários:

  1. Despiroco eu,
    despirocas tu,
    despiroca ele,
    despirocamos nós tudo...

    O mundo despirocando geral, e tu querias ficar de fora?
    Cuma?

    Se descobrir, me ensina caríssima, e depois, juntos vamos descobrir se é jogo ser o diferente e virar alvo, ou se é melhor despirocar de vez homogenizado na massa!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Despiroquemos então! Melhor despirocar em boa companhia que viver normal em péssima...Beijos

      Excluir