sábado, 13 de dezembro de 2014

Mulher bem resolvida - que diabos é isso?

Existe alguém bem resolvido? Seja homem ou seja mulher? Sem dúvida deve existir, até porque os critérios da "Bem Resolvimento" são muito pessoais. E datados. O que hoje é considerado assim, pode não ser amanhã. Sabe-se lá, o mundo é cíclico e as verdades ondulam de acordo com as conveniências. Sociais e/ou pessoais.

Então porque a pergunta? Porque parece que o mundo moderno exige que todos sejamos uma imagem perfeita da divindade. Em todos os sentidos. E a palavra mágica para definir isso é: sou bem resolvido/a.

Serve para tudo: fui chutada por alguém/algo? Sou bem resolvida e me viro. Dei um fora e magoei alguém? Sou bem resolvida e passo por cima. E por aí vai.

Como todo mundo tenho meus critérios pessoais. Bem resolvida é estar em harmonia entre desejo e ação. Parece simples assim escrito. Não é não! Tem desejo que é safado, a gente tenta administrar, ele escapa de jeito e fica ali, feito gatinho exigente. Ao menor descuido levanta e mia alto. Daí a gente, após muita luta, resolva admitir: sinto. Sinto e daí? (aliás este é um critério bom de resolução - a admissão.). Mas entre admitir e agir, vão outros quinhentos. Euros. Porque ação é sempre dimensionada em moeda forte. Pode ser em Pilas também (gaúchos entenderão).  

Tem ação prá fora. E ação prá dentro. Experiência e IMperiência. Agir quando a gente está preparada para enfrentar as consequências é coisa de gente bem resolvida. Agir prá dentro ou não agir quando não, também.

Se conhecer é coisa de gente bem resolvida. E se amar apesar de se conhecer. Compreender nossos defeitos, aceitar nossas falhas. Não com a mão de quem passa por cima, mas com o olhar de quem não se culpa.

Ser bem resolvida é saber que cada um tem o poder da escolha. SUA escolha. Não do outro/a. Não da sociedade. Não da Igreja, ideologia, guru de plantão. NOSSA escolha. 

Ser bem resolvido é saber que não se pode tudo. Não se deve tudo. Não se precisa tudo. 

Mulher bem resolvida é ela mesma a maior parte do tempo. As mega bem resolvidas são 100% elas mesmas sempre. Mas se não for tanto, não tem problema, as vezes a gente é bem resolvida em algo, e não em tudo. Faz parte.

Tem receita para esse bem resolvimento? Auto conhecimento. E ele vem da experiência.

Quer um termômetro? Olhe as pessoas generosas que você conhece. Generosas com a vida, com elas, com o meio ambiente, com o mundo. Garanto que a maioria é bem resolvida.  

Nenhum comentário:

Postar um comentário